A Nutrição no auxílio na prevenção ao Câncer de Mama

segunda, 01 de outubro de 2018 às 00:00:00
outubrorosa_site.jpg

O mês de outubro é marcado pela prevenção ao câncer de mama. Esse movimento tem o objetivo de conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção à 2ª doença que mais mata em todo o mundo. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), este ano, somente no Brasil, a estimativa é de 59.700 novos casos.

 

O Conselho Regional de Nutricionistas da 8ª Região conversou com a Nutricionista clínica do Hospital Erasto Gaertner, Camila Brandão Polakowski para saber como a nutrição pode ser uma aliada na prevenção do câncer.

Segundo a nutricionista, o estilo de vida influencia como fator de risco no desenvolvimento do da doença e cerca de 30 a 40% de todos os casos estão diretamente ligados à alimentação inadequada, falta de atividade física, excesso de peso e agentes químicos, como o tabaco. “Vários estudos estão demonstrando que uma dieta pobre em grãos, vegetais, frutas e peixes e rica em carne processada tem impacto no desenvolvimento do câncer de mama. Esses dados apontam para o fato de que o câncer poderia ser evitado com mudanças simples no estilo de vida, ou seja, com alimentação adequada e atividade física frequente”, diz Camila e esclarece: “Nenhum alimento sozinho é capaz de proteger contra o câncer, mas a combinação de uma alimentação equilibrada, junto a alguns alimentos antioxidantes, pode estimular o sistema imunológico para a sua prevenção”.

Camila explica que boas práticas alimentares podem prevenir o câncer de mama, como evitar alimentos processados e ultraprocessados, biscoitos, salgadinhos, excesso de gordura, doces refinados e bebida alcoólica.

Dicas

 Alguns alimentos que podem atuar na prevenção do câncer:

 - Prefira os alimentos integrais, como pães, biscoitos, aveia, semente de linhaça;

 - Utilize fonte de gordura saudável;

 - Coma diariamente três porções de frutas e duas de legumes ao dia;

 - Aumente o consumo de alimentos antioxidantes que contém vitamina A, C e E, podendo ser encontrados em laranja, acerola, castanhas, cereais integrais;

 - Mantenha os níveis de vitamina D normais, com exposição solar e alguns alimentos de origem animal e óleos.

 Fonte: INCA