No Dia Internacional do Idoso lembre-se: beba água!

No Dia Internacional do Idoso lembre-se: beba água!

O Dia Internacional do Idoso, celebrado em 1º de outubro, foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1991 e tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger a população mais idosa. Uma das condições mais importantes para a saúde de uma pessoa idosa é a de estar adequadamente hidratada e a nutricionista Flávia Cristina Severo CRN-8 5761 fala, neste texto, sobre como cuidar da saúde para ter uma melhor qualidade de vida por meio de uma boa hidratação.

Além de afetar o abastecimento de água, a estiagem prejudica muito a agricultura, favorece incêndios florestais e também traz prejuízos diretos à saúde. Os efeitos no organismo estão relacionados principalmente ao comprometimento das vias aéreas, causando complicações respiratórias. As crianças e idosos são os principais afetados, merecendo cuidados especiais. Algo simples e importantíssimo é a ingestão frequente de água. Porém, para a população idosa, esse simples ato de beber água, pode ser algo desafiador dentro da rotina diária, uma vez que eles apresentam prejuízo no reflexo de sede e de muitos evitarem o consumo de água devido a problema de incontinência urinária – o que é muito comum entre esta população.

Além dos prejuízos para as vias aéreas, a baixa ingestão hídrica interfere negativamente na função intestinal, na hidratação da pele, na absorção de vitaminas hidrossolúveis, entre outros. A desidratação pode manifestar alguns sintomas como: cefaleia (dor de cabeça), apatia e até delírios.

Uma boa forma de monitorar se a quantia ingerida está sendo suficiente é observar a cor da urina; quanto mais amarelo concentrado, maior a necessidade de aumentar a ingestão hídrica. Quanto mais claro, melhor deve estar o consumo. Cabe aos cuidadores e pessoas próximas, incentivar a ingestão de água em pequenos volumes e organizar uma rotina de horários para oferta de água e demais líquidos. Também podemos pensar em alternativas, como saborizar a água com frutas e folhas de chá, como: abacaxi com hortelã, laranja e cidreira, goiaba e erva doce.

Além da água pura ou saborizada, há os chás claros, como: hortelã, cidreira, erva doce e erva Luiza. Água de coco e sucos naturais são sempre bem-vindos. Para os dias quentes, também podemos pensar em uma hidratação com picolé caseiro de água de coco com frutas picadas (abacaxi, morango, kiwi, manga) e também picolé de suco de frutas. As frutas também devem ser priorizadas nos lanches intermediários às grandes refeições. Essas dicas valem também para as crianças e para os outros membros da família.

Você já tomou água hoje? Já ofereceu às crianças e idosos da sua casa?

Cuide-se e cuide de quem está ao seu lado. Hidratação para todos e um feliz dia do idoso!”

Flávia Cristina Severo CRN-8 5761

Compartilhe