CRN-8 leva aos vereadores de Curitiba o Impacto da Pandemia do Covid-19 sobre a SAN

CRN-8 leva aos vereadores de Curitiba o Impacto da Pandemia do Covid-19 sobre a SAN

CRN-8 solicita a vereadores da Câmara Municipal de Curitiba ações para garantir Alimentação Adequada e Saudável a população e vacinas contra covid-19 para nutricionistas e TNDs

Ontem, dia 31 de março, celebrou-se o Dia Nacional da Nutrição e o Conselho Regional de Nutricionistas da 8ª Região (CRN-8) fez uso da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Curitiba, propondo a reflexão sobre o tema “Impacto da Pandemia do Covid-19 sobre a Segurança Alimentar Nutricional (SAN)”. Os nutricionistas Dra. Professora Cilene da Silva Gomes Ribeiro (vice-presidente em exercício da Presidência) e Alexsandro Wosniaki (presidente licenciado), a convite da vereadora Maria Letícia, falaram sobre Segurança Alimentar Nutricional e a necessidade de vacinar os nutricionistas contra a covid-19.

Segundo Cilene, a SAN consiste na realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade. E o Direito Humano à Alimentação e Nutrição Adequada (DHANA) contribui para a promoção da saúde da população. Para ela, são várias as situações que colocam a população em risco e, neste momento de crise sanitária, torna-se urgente a criação de políticas públicas para controlar a insegurança alimentar, pois quando se perde saúde devido à má alimentação, se perde também produtividade e até mesmo a vida. “O nutricionista na administração pública ou privada é o profissional habilitado para trazer segurança alimentar e também economia na produção e distribuição dos alimentos. Um trabalhador não alimentado, ou mal alimentado, não gera benefícios econômicos. Além disso, crianças e idosos estão mais vulneráveis, sendo que, muitas vezes, os alimentos distribuídos pelas escolas são a base para as refeições de toda a família”.

Na sua fala, Alexsandro enalteceu o trabalho dos profissionais que estão atuando para garantir a SAN, como o nutricionista e o TND. “Nutricionistas estão no hospital, prescrevendo dietas, entre elas a enteral e parenteral, e no atendimento aos pacientes pós-covid. Está presente também em áreas que nem sempre percebemos, acompanhando e gerenciando a distribuição de alimentos, e nas Unidades de Alimentação e Nutrição UAN, tanto em hospitais como em restaurantes industriais e populares”.

Vacinação

Alexsandro também ressaltou a importância da imunização contra a covid-19, solicitando à prefeitura a vacinação dos nutricionistas, que precisam ter saúde para atender à população. “Muitos nutricionistas não foram vacinados e, de acordo com o Plano de Imunização, o nutricionista está incluindo na primeira fase. Estamos tentando nos comunicar com a prefeitura de Curitiba para saber por que muitos nutricionistas ainda não foram vacinados, já que esses profissionais são fundamentais para a saúde da população”.

Além da vacinação é preciso que o Estado também garanta, por meio de políticas públicas, o DHANA, respeitando, protegendo, promovendo e provendo SAN. “Precisamos de políticas públicas para garantir a alimentação adequada e que a SAN seja uma realidade para a população. A pandemia escancarou o fato de que não temos políticas públicas estruturantes, mas apenas emergenciais”.

Compartilhe