Sistema CFN/CRN é recebido por deputado federal da Comissão que analisa a Lei dos Planos de Saúde

Sistema CFN/CRN é recebido por deputado federal da Comissão que analisa a Lei dos Planos de Saúde

O Deputado Federal Reinhold Stephanes Junior (PSD) recebeu ontem, 25/10, para falar sobre a aprovação do PL 5881/2019, o conselheiro Alexsandro Wosniaki, representante do CRN-8 no CFN. Além do conselheiro, também estavam presentes, a gerente, a coordenadora técnica e a assessora de comunicação do CRN-8 Andréa Bonilha, Carolina Bulgacov e Karina Ernsen.

O Conselheiro Federal Alexsandro Wosniaki falou da importância da aprovação do projeto para a sociedade e para a atuação do nutricionista: “O projeto prevê mais do que a atuação do Nutricionista na sua integralidade, mas a garantia do beneficio à sociedade, pois o nutricionista trabalha com prevenção e promoção da saúde, e desta forma seriam assegurados todos os recursos terapêuticos, possibilitando um diagnóstico nutricional e uma prescrição dietoterápica adequada.”

Reinhold Stephanes Jr. recebeu a Nota Técnica do sistema CFN/CRN e afirmou ser a favor da aprovação do projeto e afirmou estar ao lado dos nutricionistas do Paraná. “Além de ser um projeto importante para os nutricionistas, também beneficia toda a sociedade”.

A apresentação do relatório final da comissão pode ser feita a qualquer momento. Caso seja aprovado, o PL 5.881/2019 ainda será enviado para o Plenário da Câmara dos Deputados para ser votado pelo parlamento e, depois, no Senado Federal.

Compartilhe

Uma resposta para “Sistema CFN/CRN é recebido por deputado federal da Comissão que analisa a Lei dos Planos de Saúde”

  1. Atendo a 4 anos pela Unimed, o mesmo paga 47,00 por consulta, somos com desc. Das instituições este valor vai para 38,00 mesmo que faça diversas consultas no mês não chego a ganha 1 salário mínimo, em todos estes anos!
    Quando vejo nosso tabela de preços com consultas vejo que não é uma realidade infelizmente.

    O conselho tem alguma estratégia ou medida para garantir um recebimento mínimo justo pelas nossas consultas pelos planos de saúde ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato
Enviar mensagem