CRN-8 se reúne com entidades para discutir segurança alimentar

CRN-8 se reúne com entidades para discutir segurança alimentar

Matéria escrita por Ana Bruno Follador – assessora de imprensa Conselho Regional de Farmácia

A confiança e a tranquilidade do cliente em consumir uma refeição segura depende dos profissionais responsáveis pelo gerenciamento, controle e produção dos alimentos. As empresas, por sua vez, também sabem da importância de se identificar e controlar os riscos alimentares.

Entre as legislações que protegem a sociedade está o Código de Defesa do Consumidor que estabelece como direitos básicos: a saúde e a segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos considerados perigosos ou nocivos (artigo 6º, inciso I). Mas, para tentar garantir esses direitos e prevenir danos à saúde da população, é necessário orientar e fiscalizar.
Esses foram os pontos discutidos na reunião entre o CRN-8 – Conselho Regional de Nutricionistas da 8ª Região (PR) e os Conselhos de Farmácia e Medicina Veterinária do Paraná, ocorrida dia 20 de junho, na sede do CRN-8.
De acordo com a presidente, Dra. Cilene da Silva Gomes Ribeiro, o objetivo do encontro foi propor uma alternativa para garantir mais segurança e qualidade no preparo das refeições pelos restaurantes, evitando, por exemplo, a toxinfecção alimentar. Neste caso, a presença de um responsável técnico (RT) é imprescindível. Este profissional responde pela qualidade, eficiência e segurança dos serviços prestados nestes estabelecimentos; elabora o Manual de Boas Práticas (MBP) e fica responsável por aplicá-las.
A primeira iniciativa do grupo será encaminhar uma proposição de reunião com o Ministério Público, Procon e a Ordem dos Advogados do Brasil – Paraná – OAB-PR para expor a situação e as reivindicações necessárias para garantir à população segurança nos serviços de alimentação.
Participaram da reunião: o gerente geral do CRF-PR, Dr. Edivar Gomes, o presidente do CRMV-PR, Dr. Rodrigo Távora Mira e o gerente jurídico da entidade, Dr. Eric Fiedler Barbosa, além da gerente geral, Dra. Andréa Bonilha Bordin e da vice-presidente do CRN-8, Dra. Thatielly Schwarzbach.

Compartilhe
Contato
Enviar mensagem